Início A cidade CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto

    CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto

    26
    0
    COMPARTILHAR
    OURO PRETO/MG. 20.06.2015 10ª CINEOP - MOSTRA DE CINEMA DE OURO PRETO. Longa | MOstra Contemporanea | Pre-Estreia Nacional. My Name Is Now, Elza Soares. Local: Cine BNDES na Praca. Foto: Leo Lara/Universo Producao
    OURO PRETO/MG. 20.06.2015 10ª CINEOP - MOSTRA DE CINEMA DE OURO PRETO. Longa | MOstra Contemporanea | Pre-Estreia Nacional. My Name Is Now, Elza Soares. Local: Cine BNDES na Praca. Foto: Leo Lara/Universo Producao

    CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto

    CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto – é um evento cultural que acontece todos os anos no mês de Junho.

    CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto – O evento que trata cinema como patrimônio. O evento da preservação, memória, história e educação. A CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto chega a sua 11ª edição, de 22 a 27 de junho de 2016, maior e mais convicta do seu papel – ser instrumento de reflexão e luta pela salvaguarda do patrimônio audiovisual brasileiro em diálogo com a educação.

    O patrimônio cultural das imagens é um dos eixos mais importantes da memória e identidade sociocultural de um País – ação estratégica e fundamental para o desenvolvimento da nação, portanto, deve integrar a vida social e política do Brasil, que reúne expressivo patrimônio audiovisual, representativo de sua cultura, história, arte e manifestações da sociedade.




    Estrutura sua programação em três temáticas de atuação: preservação, história e educação. Apresenta-se como importante foco irradiador da cultura com a oferta de uma programação abrangente e gratuita que inclui além da exibição de 91 filmes em pré-estreias, retrospectivas e mostras temáticas, homenagens a personalidades do audiovisual, oficinas, workshops internacionais, debates, seminário, exposições, lançamento de livros, shows e atrações artísticas que ocupam três espaços Ouro Preto: Cine Vila Rica (plateia de 700 lugares), Centro de Convenções (sede do evento, cine-teatro, auditórios, galpão cine bar show, ações de formação e reflexão) e Praça Tiradentes que é a praça principal da cidade recebe a instalação do Cine BNDES na Praça (1000 lugares).

    O eixo temático da 11ª CineOP  será Cinema, TV e Educação.  Na Temática Preservação, o enfoque será “Arquivos de Televisão” e a entrega do Plano Nacional de Preservação, na temática histórica “O Cinema e o processo de abertura política” (período 1976-1988) e na Educação, “O Cinema, a TV, Educação: a escola como unidade comunitária”.

    A 11ª CineOP celebra a trajetória de dois nomes de destaque na cena audiovisual brasileira: Eduardo Coutinho (1933-2014), um dos diretores mais importantes e referenciais da história do cinema brasileiro; e Francisco Sérgio Moreira (1952-2016), o Chico, considerado pioneiro no trabalho de restauração, trabalhou por anos na Cinemateca do MAM,  na Labocine e atuou também como montador.

    A preservação do cinema e do audiovisual, a iminência de perda de obras do cinema brasileiro, a evolução das técnicas de restauração, o impacto da era digital, o intercâmbio, as estratégias de ação, o conhecimento e troca de experiências dão a tônica às discussões da CineOP, que promove e sedia, em suas edições anuais o Encontro Nacional de Arquivos e Acervos Audiovisuais Brasileiros vai reunir mais de 100 profissionais de vários Estados do País.

    E há oito edições sedia e promove o Encontro da Educação: Fórum da Rede Kino (Rede Latina Americana de Cinema e Educação) em que a pauta desta edição é Cinema, TV e Educação. Nesta edição, o evento juntamente com a ABPA – Associação Brasileira de Preservação Audiovisual tem como meta a entrega do Plano Nacional de Preservação Audiovisual – ação estratégica no desenvolvimento de uma nação.

    Destacamos também três iniciativas que estabelecem diálogo direto com a cidade, beneficiando comunidades e escolas e acadêmicos – a realização do CineOP nos Bairros, que pelo terceiro ano consecutivo oferece uma programação itinerante nos bairros e distritos de Ouro Preto com exibição de cinema em praças públicas – o programa Cine-Expressão – A Escola vai ao Cinema que oferece sessões Cine-Escola, debates, lançamento de livros para estudantes e educadores da rede pública de ensino de Ouro Preto e distritos beneficiando mais de 3000 alunos e parceria com a UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto, em que alunos e professores tem vaga garantida nas oficinas de capacitação, no Encontro de Arquivos e Encontro da Educação e, ainda, estudantes podem se candidatar a vaga de estágio para atuar na produção e atendimento ao evento.

    A CineOP se constitui um fórum único e privilegiado  de discussões e reflexões do patrimônio cinematográfico brasileiro ocupando lugar de destaque no cenário nacional de festivais e mostras de cinema e referência em outros países pela sua proposta inédita e emergente – tratar o cinema como patrimônio em diálogo com a educação.

    Em 2011, recebeu o Prêmio de Preservação da Academia Brasileira de Cinema. Em 2015 celebrou uma década de existência e editou uma publicação colaborativa registrando os avanços e acontecimentos históricos do setor da preservação no período 2006-2015, e agora, em 2016 se prepara para o lançamento do Plano Nacional de Preservação e o anúncio dos avanços e estudos da atuação do Grupo de Trabalho Minc|Mec sobre a Lei 13.006 que prevê a exibição de cinema brasileiro nas escolas de Educação Básica do Brasil. Frutos de um processo de amadurecimento, de ações colaborativas a favor da formação, do debate, da pesquisa, do acesso, da difusão de conteúdos dos mais variados, porque na CineOP, tratamos cinema como patrimônio.

    LOCAIS DE REALIZAÇÃO DO EVENTO

    Cine Vila Rica (plateia 400 lugares)

    Centro de Artes e Convenções |Cine-Teatro (plateia 510 lugares)

    Praça Tiradentes – Cine-Praça (plateia 1000 lugares)